SOCIEDADE ASTRONÔMICA BRASILEIRA

AS DIRETRIZES CURRICULARES ORIENTADORAS DO ESTADO DO PARANÁ E O ENSINO DE ASTRONOMIA NO NÚCLEO REGIONAL DA EDUCAÇÃO DE UMUARAMA (TCP56)

Autores: 

Suzete Aparecida Bofi(Professora de Ciências, Coordenadora Pedagógica do NRE de Umuarama-PR), Otávio Akira Sakai(Professor Doutor o Instituto Federal do Paraná – Umuarama)

Palavras-Chave: 

Currículo; Astronomia; Prática Pedagógica; Formação Continuada.

O Estado do Paraná realizou um processo de discussão coletiva da produção das Diretrizes Curriculares Orientadoras da Educação Básica (DCOEs). A disciplina de Ciências passou por reestruturações, as quais organizaram os conhecimentos em cinco conteúdos estruturantes: Astronomia, Matéria, Energia, Sistemas Biológicos e Biodiversidade. A proposta das DCOEs, ao inserir conteúdos de Astronomia no currículo de Ciências, não considerou a formação dos professores da Rede Estadual, assim, fez-se necessário uma análise para compreender como ocorre a implementação dessa proposta em sala de aula. Foi realizada uma pesquisa com 53 professores de Ciências da Rede Pública Estadual em relação aos conteúdos de Astronomia e constatou-se que a maioria não possui formação nesta área e que desenvolvem seu trabalho utilizando unicamente o livro didático. Além dessa, foi realizada outra pesquisa diagnóstica com 132 estudantes das escolas públicas e particulares de Umuarama, na qual se constatou que a maioria tem forte interesse pela Astronomia. Visando preencher a lacuna na formação desses professores através Formação Continuada e incentivar os estudantes das redes públicas estadual, federal e particular a contextualizar melhor os conteúdos de Astronomia realizou-se a I Jornada de Ensino de Astronomia de Umuarama. O evento proporcionou aos professores e estudantes estar em contato com astrônomos, assistir a palestras, observar o céu, participar de sessões de planetário, de oficinas com atividades práticas e conhecer o Software francês Stellarium. Como atividade complementar ao evento foi solicitado aos professores que uma das atividades práticas vivenciadas fosse aplicada em sala de aula e um relato fosse enviado ao Núcleo Regional da Educação. Tais relatos mostraram o quanto a formação proporcionada contribuiu para que professores e estudantes estivessem num processo de aprendizagem permanente, pois conteúdos foram propostos através de atividades práticas, lúdicas e significativas envolvendo docentes e discentes no aprimoramento da construção do saber através de um ensino interativo.
 

CONTATO

Sociedade Astronômica Brasileira
Rua do Matão, 1226 - Cidade Universitária - USP
CEP 05508-900 - São Paulo - SP
Tel: (11) 98154-8772 - e-mail: secret@sab-astro.org.br/ sab.secretaria.email2@gmail.com
Horário de atendimento: Terça e Quinta-feira das 09h00 às 12h00 e das 12h30 às 15h00
Powered by Wild Apricot Membership Software