SOCIEDADE ASTRONÔMICA BRASILEIRA

DISCIPLINAS DE ASTRONOMIA NOS CURSOS DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES DAS UNIVERSIDADES FEDERAIS (CO23)

Autores: 

Artur Justiniano (Universidade Federal de Alfenas/ICEx), Daniel dos Reis Germinaro (Universidade Federal de Alfenas/ICEx), Thiago Henrique Reis (Universidade Federal de Alfenas/ICEx), Sílvia Daiane Cândito (Universidade Federal de Alfenas/ICEx)

Palavras-chave: 

Licenciaturas, ensino de Astronomia, Formação inicial de professores

Este artigo apresenta os resultados preliminares de um levantamento sobre como as disciplinas com o conteúdo de Astronomia são oferecidas nas grades curriculares dos cursos de formação de professores de Física das Universidades Federais. A proposta é averiguar a regularidade com que essas disciplinas são ofertadas e o seu perfil. Trata-se de um trabalho que busca entender como ocorre, e se ocorre, a formação básica em Astronomia nos cursos de formação de professores de Física. Os resultados alcançados até o momento indicam que apenas 12% dos cursos de Licenciatura em Física das Universidades Federais têm na sua grade curricular pelo menos uma disciplina regular de Astronomia. Em relação às ementas das disciplinas observamos que elas buscam cobrir todo o conteúdo básico de Astronomia, apesar da carga horária semanal de aulas ser reduzida. Além disso, das 56 Universidades Federais que compõem esse levantamento em 5 não existe curso de formação de professores de Física. Das 51 que têm esse curso, em 22 não existe nenhuma disciplina de Astronomia na grade curricular, nem mesmo como optativa. Os resultados dessa pesquisa indicam que apesar do ensino de Astronomia estar recebendo uma atenção cada vez mais acentuada nos últimos anos, conforme o volume aumentado de trabalhos apresentados em eventos e publicações da área, assim como das sugestões de conteúdo de Astronomia nos Parâmetros Curriculares Nacionais e da presença desse conteúdo em alguns livros do Programa Nacional do Livro Didático (PNLD), as grades curriculares dos cursos de formação de professores de Física das Universidades Federais ainda não acompanham essa tendência.
 

Arquivo do Trabalho: 

application/pdf iconSNEA2012_TCO23.pdf

CONTATO

Sociedade Astronômica Brasileira
Rua do Matão, 1226 - Cidade Universitária - USP
CEP 05508-900 - São Paulo - SP
Tel: (11) 98154-8772 - e-mail: secret@sab-astro.org.br/ sab.secretaria.email2@gmail.com
Horário de atendimento: Terça e Quinta-feira das 09h00 às 12h00 e das 12h30 às 15h00
Powered by Wild Apricot Membership Software